(11)

Creches

Gostou? compartilhe!

As creches são voltadas ao cuidado das crianças que ainda não estão em idade de iniciar sua educação nos níveis obrigatórios, a saber, o ensino fundamental I e II e o ensino médio. Assim, é comum que elas sejam frequentadas por crianças entre 3 meses e 6 anos.

Porém, por se tratar de um recorte amplo, afinal, um bebê de 6 meses apresenta necessidades bem diferentes de uma criança de 4 anos, por exemplo, as creches são subdivididas em etapas que visam inserir determinados conhecimentos e atividades em cada fase da criança.

Creches e suas etapas

Para além de estimular o desenvolvimento físico, cognitivo e social dos pequenos, a creche ainda cumpre o importante papel de auxiliar no cuidado dado às crianças e supervisioná-las, especialmente àquelas cujos pais trabalham fora.

Por isso, é importante matricular os alunos na etapa correta de acordo com sua idade. Conheça aquelas que integram a creche:

  • Berçário: Indicado para bebês entre 3 e 12 meses de vida, no berçário eles receberão todos os cuidados necessários, como alimentação, higiene e recreação, com total liberdade para brincar, se sujar e fazer suas primeiras descobertas no mundo;
  • Minimaternal: Entre o primeiro e segundo de ano de vida, os bebês começam a andar e se tornam mais curiosos. Nessa fase, o minimaternal é muito importante para que os pequenos comecem a se sociabilizar e experimentar o meio ao seu redor;
  • Maternal: Indicado para crianças de 2 e 3 anos de idade, no maternal elas começam a receber estímulos mais estruturados, como aulas de dança, musicalização, educação física e aulas de inglês com objetivo de se desenvolver melhor física e cognitivamente;
  • Jardim: Crianças de 4 e 5 anos de idade já podem frequentar o jardim de infância. Nele são apresentados estímulos mais complexos e a integração de diferentes atividades, como dança e música, línguas estrangeiras e o início da alfabetização.

Estrutura completa para o desenvolvimento infantil

A Escola Afago é referência por seu excelente currículo pedagógico e a presença de profissionais realmente dedicados à educação e ao estímulo de habilidades nos pequenos para que crianças de todas as idades se sintam acolhidas e sempre bem recebidas.